Bom dia pessoal

Esse ano passamos nossas férias no Caribe. Escolhemos Aruba e Cartagena como destino e adoramos!

Nesse post vou dar as dicas da cidade de Cartagena, na Colombia. Ficamos 3 dias e adoramos a cidade. Cartagena de Índias, ou simplesmente Cartagena fica no litoral colombiano, é a quinta maior cidade do país e tem uma história muito interessante, pois foi cenário da expansão do império espanhol na América do Sul e sofria com ataques de piratas, razão pela qual a cidade é cercada por muralhas e cheia de história pra contar!

IMG_0650

Arquitetura de Cartagena

Como chegar em Cartagena?

Para vôos diretos do Brasil é necessário fazer conexão na capital da Colombia, Bogotá, pois não há vôos diretos pra lá. As companhias Avianca, Copa Airlines, LAN fazem esse roteiro, e a Gol possui vôos diretos para Bogotá. Vale reforçar que brasileiros que vão para a Colombia não precisam de passaporte nem visto. Dá pra passar pela imigração apenas com o RG brasileiro.

Nós estávamos em Aruba e de lá também fizemos escala em Bogotá e depois seguimos para Cartagena. Esse vôo tem duração aproximada de 1:05 horas.

O aeroporto de Cartagena é o Aeroporto Internacional Rafael Nuñez e lá você encontra facilmente táxis para chegar até o seu hotel.  Os táxis de lá não possuem taxímetro, por isso negocie antes de entrar no carro o preço da corrida.

Nós achamos o preço do táxi bem barato. Ficamos no Hotel Casa Logos, dentro da Cidade Murada e a corrida custou 15000,00 pesos colombianos, o equivalente a R$18,50 pela conversão de janeiro/2016.

O trânsito em Cartagena é caótico, deu a impressão de que ninguém respeita as leis de trânsito nem os sinais… Por isso aconselho não alugar carro por lá!!!

Uma outra dica é se hospedar dentro do Centro Histórico. Eu acredito que seja mais vantajoso por inúmeros motivos: a cidade história é mais segura do que a Baía de Boca Grande. (informação dada pelos atendentes do hotel em que nos hospedamos), o agito noturno de bares, restaurantes, lojinhas e artistas de rua está totalmente concentrado no centro histórico, que fica aberto até de madrugada e tem um clima super agradável, os hotéis da região são antigos casarões, o que dá um clima todo especial a sua estadia, e eles usam muito o conceito de “Hotel Boutique” ou “Hotel Exclusivo”. O Casa Logos, por exemplo, tem apenas 4 quartos, café da manhã diferenciado e uma jacuzzi muito gostosa no roof top com uma linda vista do centro histórico. Achei muito legal essa experiência.

Já no grande centro de Cartagena, conhecido como Baía de Boca Grande, estão localizados os grandes hoteis de rede internacional, como Hilton, Ibis, Holliday Inn, etc. Neste bairro os hoteis ficam em frente a praia central de Cartagena (que não é bonita e é muito frequentada pelos moradores de lá) e há um grande centro comercial com lojas, cassinos, restaurantes de rede e bastante trânsito. Mas tem muita gente que prefere se hospedar por lá também, aí é questão de gosto mesmo!!

Pra quem já foi à cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, certamente vai encontrar algumas semelhanças com a cidade murada de Cartagena. As ruas de pedra estreitas, cheias de casas coloridas  em estilo colonial e atmosfera boêmia garantem lindas fotos!

IMG_0500

Primeiro dia em Cartagena

Aproveitamos o primeiro dia para fazer um city tour nos principais pontos turísticos da cidade histórica. É muito fácil andar a pé pelas ruas de pedra e o principal ponto de referência é a Torre do Reloj. Pela manhã circulamos a pé, apenas observando o movimento e reconhecendo o território. Vale ressaltar que no verão a cidade é MUUUITO quente e abafada e é obrigatório o uso de filtro solar, chapeu e uma garrafinha de água a tiracolo!

Depois do almoço fizemos um city tour guiado por alguns pontos turísticos importantes fora da cidade murada: Convento de la Popa e Castillo San Felipe. Aproveitamos para dar um giro rápido pelo centro comercial da Baía de Boca Grande e seguimos para esses pontos. Optamos por um tour guiado em ônibus com ar-condicionado (que super ajuda a refrescar o calor)  porque nesse tipo de tour você consegue conhecer um pouco mais da história da cidade e também porque os atendentes do nosso hotel disseram que é perigoso ir sozinho ou de táxi para esses locais, que ficam fora da cidade murada e em regiões mais perigosas da cidade. Fechamos o city tour pelo prório hotel e pagamos aproximadamente 60.000,00 pesos por pessoa. O tour durou a tarde toda e chegamos ao hotel no início da noite.

IMG_0584

Baía de Boca Grande

Convento de La Popa

Como fomos de tour guiado ao convento, o valor do ingresso já estava incluído no pacote. Mas caso você resolva ir de táxi ou por conta própria, terá que compar o ingresso na bilheteria que custa cerca de 9.000,00 pesos colombianos. O local abre todos os dias das 8h30 min até as 17h30 e tem uma feirinha de artesanatos bem interessante na entrada.

15-convento-de-la-popa-2

Imagem do site blog.viagempravoce.com.br – Convento de la Popa

 

IMG_0531

Convento de la Popa

O convento existe desde 1612 e foi construído pelos espanhois, que na época disseram aos nativos que tinham recebido uma ordem da Virgem Maria para construir um mosteiro no local mais alto da cidade.  Ele foi construído em homenagem à Virgem da Candelária de la Popa, que é a padroeira da cidade de Cartagena e a imagem da Virgem está em um altar coberto de ouro dentro da capela do mosteiro. No dia 02 de fevereiro se comemora o dia da padroeira, com uma grande festa na cidade e procissão que sai do santuário e vai até o centro da cidade. Dizem que é uma festa muito bonita!

IMG_0526

Altar da Padroeira da cidade, todo em ouro

Ambulantes em frente ao convento

Castillo de San Felipe de Barajas

Após o tour pelo Convento de La Popa fomos até o Castillo San Felipe. Este local foi muito importante no período colonial para que os espanhois defendessem a cidade de Cartagena de ser tomada pelos piratas. Ele é tido como uma fortaleza  e os colombianos se orgulham muito desta construção.

Castillo de San Felipe

O castillo também fica fora da cidade murada e o local não é exatamente seguro (alguns brasileiros que estavam hospedados no mesmo hotel que a gente foram assaltados perto do Castillo), por isso recomendo ir de taxi ou com agência, como fizemos.

O local é bastante procurado pelos turistas e funciona diariamente das 8h as 18h. Nosso ingresso já estava incluído no tour mas se você preferir comprá-lo na bilheteria custa 17 mil pesos colombianos. Alguns guias no local vendem pacotes de ingressos com tour guiado por um preço mais acessível, vale a pena pechinchar!

O castelo fica em uma colina e forma, junto com as muralhas de Cartagena e o forte de San Luíz em Bocachina (que fica no mar) um sistema de defesa que os espanhois construiram para defender Cartagena dos ataques de piratas franceses.

Cartagena foi fundada em 1533 e apenas 10 anos depois foi saqueada pelos piratas franceses, que voltaram a saquear a cidade em 1559 e 1568. Após os ataques dos franceses a cidade foi saqueada pelos ingleses, em 1586. Nesta ocasião, 25% das construções da cidade foram destruídas e a Espanha só retomou o comando de Cartagena após uma longa negociação com os ingleses.

Por conta da fragilidade de Cartagena, a Espanha decidiu fortificar a cidade e proteger suas riquezas e então foram construídas as muralhas para proteger a cidade antiga. O Castillo de San Felipe começou a ser construído em 1536 mas ficou pronto apenas em 1657.

Há varios túneis subterrâneos no castelo, sendo que há uma lenda na cidade que diz que alguns deles levam até a cidade murada, mas esses tuneis foram fechados há alguns anos por questões de segurança (informações do nosso guia).

Esse é um passeio muito legal para entender um pouco mais da história de Cartagena e eu aconselho a contratação de um guia local, pois há muitos fatos históricos relevantes que só eles sabem contar!!

Após sairmos do Castilo de San Felipe, o ônibus voltou para a cidade murada para fazer um tour por alguns dos principais pontos turísticos de lá, desde as muralhas até a Torre do Reloj. Como já estava anoitecendo e estávamos com criança, decidimos nos despedir do guia por ali mesmo e ir caminhando pelo centro por conta própria, já que teriamos mais um dia para desbravar a cidade histórica por conta própria. Mas para quem estava hospedado fora da cidade murada valeu a pena mais esse tour!

Segundo dia em Cartagena

No nosso segundo dia em Cartagena decidimos conhecer uma das famosas Ilhas de Cartagena. A cidade é conhecida pelas belas praias de água em tom verde esmeralda caribenho porém, as praias do centro de Cartagena não são nada bonitas – a praia de Boca Grande tem areia e água escura e é lotada, sendo muito frequentada pelos nativos. Para pegar uma praia realmente legal é preciso contratar um passeio de barco (fizemos tudo com indicação do nosso hotel mesmo) e ir até as famosas ilhas do Arquipélago do Rosário – um arquipélago com 27 ilhas particulares. O passeio dura cerca de 40 minutos de lancha rápida e você tem a opção de escolher entre diversas ilhas, que são verdadeiros resorts e oferecem hospedagem ou passeios de um dia com almoço, bebidas e snorkel a vontade.

IMG_0587

Passeio de barco na Baía de Boca Grande

O hotel nos deu a opção de várias ilhas, sendo que as mais famosas são: Isla del Pirata, Isla del Sol e Cocoliso. Como fomos em alta temporada e não tinhamos reserva antecipada, as duas primeiras ilhas já não tinham disponibilidade de vagas para o dia seguinte, mas conseguimos o passeio para Cocoliso Resort.

Saímos do pier de Muelle Turistico de la Bodeguita, que fica perto da Torre del Reloj, ao lado de barcos enormes e super procurados pelos turistas.

Pagamos 120 mil pesos colombianos por pessoa e uma taxa de 14 mil pesos colombianos referente a um imposto que o governo cobra para entrar no arquipélago do Rosário.

IMG_0501

Muelle Turístico de la Bodeguita

Chegamos em Cocoliso mais ou menos 10:30 e adoramos a infra-estrutura da ilha, que realmente é bem melhor que as praias do centro de Cartagena! O resort oferece piscina, bar, snacks, restaurante com almoço típico de Cartagena (arroz de coco, peixe do dia, patacón, que é uma banana verde frita,  salada, suco e frutas), além de um ponto de mergulho nas águas verdes do Caribe. No pacote que fechamos havia drinks alcoólicos incluídos, mas não tinha cerveja.

IMG_0596

Praia no Resort Coco Liso

11

Praia da Isla Cocoliso – Imagem do site www.booking.com.br

Também há opção de se fazer visitação no Oceanário, que fica em uma outra ilha do arquipélago – San Martin de Pajarales, além de snorkeling e passeios de barco – pagos a parte.

Por volta das 15h já é hora de voltar para Cartagena. Achamos pouco tempo na ilha, mas o dia foi muito gostoso!

Terceiro dia em Cartagena

No nosso terceiro dia em Cartagena aproveitamos para conhecer um pouco mais dos pontos históricos do centro, já que voltariamos para o Brasil no fim da tarde.

Saimos a pé mesmo e fomos em direção à Torre del Reloj, que fica na Plaza de los Coches e é facilmente vista de vários pontos da cidade. A entrada da cidade murada pela Plaza de los Coches foi o principal acesso a cidade murada por muito tempo. É um point cheio de lojinhas, ambulantes (eles são muitos) e de lá você consegue achar os outros pontos turísticos da cidade murada facilmente.

123

Torre del Reloj – Imagem do site http://www.hotelesencartagena.co/monumentos/

Atravessando a Torre del Reloj você chega na Plaza de la Aduana, onde há vários eventos culturais, shows, bares e lojinhas. O Hard Rock Cafe de Cartagena fica lá, e a Iglesia San Pedro de Claver também.

Plaza Santo Domingo

Andando um pouco mais pelas ruas de pedra chegamos na Plaza Santo Domingo, que é a praça mais conhecida de Cartagena. É um local muito bonito, cheio de bares com mesas na calçada que ficam lotados à noite, juntamente com muito ambulantes, artistas de rua e turistas.

IMG_0646

Estátua de Botero – La Gorda Gertrudis

 

IMG_0657

Arte de rua em Cartagena

É nessa praça que está a famosa escultura de Botero chamada “La Gorda Gertrudis”, e você precisa entrar na fila para conseguir uma foto com ela!!!

Também fica nesta praça o Convento de Santo Domingo, que é a Igreja mais antiga de Cartagena, construída em 1551. Essa igreja foi alvo dos ataques de piratas e destruída por completo, sendo reconstruída em 1578.

IMG_0654

Convento de Santo Domingo

Detalhes da arquitetura do local

Passamos também pela Catedral de Cartagena, também conhecida como Catedral de Santa Catalina, que é a principal catedral da cidade.

Pela Plaza de Bolivar, que é um local muito bonito e onde se encontram os principais museus do centro: Museu do Ouro e Museu das Esmeraldas.

IMG_0664

Plaza de Bolivar

Já perto do nosso hotel, que ficava na Calle de las Bovedas, haviam vários bares, praças, igrejas e a casa do escritor Gabriel Garcia Marquez, e aproveitamos para explorar as pequenas calles com calma.

 

IMG_0556

Comida de rua: não deixe de provar as deliciosas Arepas

Se você tiver mais um dia em Cartagena pode optar por conhecer mais uma ilha. Uma opção é a famosa Playa Blanca, uma ilha pública mas muito bonita. Algumas pessoas nos disseram que esta praia costuma ser bem cheia.

1234

Imagem do site http://www.opitours.com/tour_islas_del_rosario_lancha.html que realiza passeios para a Playa Blanca

Escolhemos o Hotel Casa Logos em nossa estadia em Cartagena e adoramos. O hotel é, na verdade, um imóvel de mais de 200 anos, ossui apenas 4 quartos e opera com o conceito de Hotel Boutique. Nosso quarto era o Bocachica, muito bonito e com uma cama super confortável. Eu fiz um pedido de bercinho para meu filho e fui prontamente atendida com um berço novinho.

IMG_0481

Café da manhã no Casa Logos

IMG_0494

Hall do Casa Logos

Há uma única mesa para o café da manhã, com a idéia de que todos os hóspedes possam tomar café da manhã juntos. Você faz o seu pedido de café em uma comanda individual e a funcionária prepara tudo na hora, bem na sua frente.

No roof top do hotel há uma jacuzzi muito gostosa e várias cadeiras e espreguiçadeiras para relaxar e ver o por do sol das alturas. O hotel era perto de tudo: bares, restaurantes e feira de artesanatos (que são lindos)!

IMG_0673

Artesanato colombiano

Prato típico da região: arroz de coco, banana frita e caldeirada de peixe – restaurante El Balcon

 

IMG_0677

Arroz de coco com peixe frito e salada de avocado – La Cevicheria

IMG_0557

Pelas ruas de Cartagena

Adoramos nossa experiência em Cartagena! Espero que as dicas sejam uteis para quem está programando sua ida até esta charmosa cidade do litoral colombiano.

 

 

 

 

 

 

 

Share

Deixe seu Comentário!